Google+ Na Estante da Biblioteca: Conhecendo o autor: John Green

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Conhecendo o autor: John Green

Olá leitores!

Como muitos de vocês sabem, livros levam a gente a outro mundo. Mas não basta apenas conhecer a obra e toda a sua história. É interessante também conhecer quem a fez, por isso trouxe pra vocês um autor que tem feito muito sucesso ultimamente, inclusive recebendo várias críticas e elogios por conta de seus livros: John Green.


Quem aqui ainda não ouviu falar de “A Culpa é das Estrelas”? Virou um sucesso mundial, intitulado como best seller do The New York Times. Mas óbvio que hoje vou mostrar pra vocês o criador dessa e de muitas outras obras. Sem mais delongas, vamos ao que interessa né?

       

John Michael Green nasceu em Indianápolis, Indiana e além de escritor é também um vlogger. Seu “público alvo” são os jovens adultos. Sua bibliografia não é muito extensa, mas posso garantir que você irá gostar de pelo menos uma história desse autor. A obra mais famosa, com absoluta certeza, é A Culpa é das Estrelas, mas O Teorema Katherine, Cidades de Papel ou Will e Wiil, Um Nome, Um Destino com certeza merecem grande destaque também. Green também escreveu histórias curtas como “Freak the Geek” e “Reasons”.

Curiosidades: Com mais de 1 milhão de seguidores no Twitter, é autor best-seller do The New York Times, premiado com a Printz Medal e o Printz Honor da American Library Association e com o Edgar Award, além de ter sido duas vezes finalista do premio literário do LA Times. Com o irmao, Hank, mantém o canal do YouTube "Vlogbrothers", um dos projetos de vídeo on-line mais populares do mundo. Mora com a mulher e o filho em Indianápolis, Indiana.


Algumas frases de John Green:

  • ·         “Quando as coisas quebram, não é a quebra real que os impede de voltar a ficar juntos novamente. É porque um pequeno pedaço se perde - as duas extremidades restantes não poderiam caber em conjunto, mesmo se quisessem. A forma inteira mudou.”

  • ·         “Talvez haja alguma coisa que você tem medo de dizer, ou alguém que você tem medo de amar, ou algum lugar que você tem medo de ir. Vai doer. Vai doer porque é importante.”

  • ·         “Passamos a vida inteira no labirinto, perdidos, pensando em como um dia conseguiremos escapar e em como será legal. Imaginar esse futuro é o que nos impulsiona para frente, mas nunca fazemos nada. Simplesmente usamos o futuro para escapar do presente.”



Até mais leitores!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...